Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 36 a 45 anos, Arte e cultura, Cinema e vídeo



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 A quem interessar possa
 Blog da Babi
 Blog da Loba
 Blog do TAS
 Blog da Gi
 Blog da Anucha
 Meu Canto
 Momento de Sonhar
 Chico Buarque
 Blog da Déa
 Blog da Marta Matos
 Blog da Srta Butterfly
 Blog da Fabiana
 Blog da Barbara
 Blog da Jó
 Blog da Ju
 Indirazinha
 Blog da Elza
 Blog da Jacque
 Blog da Liliane
 Blog da Milena
 Blog da Sanka
 Blog da Sayô
 Blog do Leon


 
A pergunta que não quer calar !


Entreolhares
Ana Carolina
dela, de John Stephens e John Legend

Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!

Eu não tava nem pensando
mas você foi me pegando
e agora não importa aonde vá:
me ganhou, vai ter que me levar!

Você me vê assim do jeito que eu sou
É, e faz de mim
o que bem quer
Eu que sei tão pouco de você!
E você que teima em me querer!

Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!

Eu não tava nem pensando
mas você foi me pegando
e agora não importa aonde vá:
me ganhou, vai ter que me levar!!
Com você é bom qualquer lugar!!

The way you're looking at me
You go with me?, you want me
Can't help myself I gotta be in love

I wasn't even thinking
and now you got me sinking
I need you baby, I can't get enough
You got me

That's where I'll always be
I know you see me just the way I am
But just think of me

What you want me to be
I know you found?the moment that we met
It's giving me a love I won't forget

Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!

Eu não tava nem pensando
mas você foi me pegando

I need you baby I can't get enough
You got me, that's where I'll always be
I'll go there, go anywhere with you!

Se ficar assim me olhando,
me querendo, procurando,
não sei não, eu vou me apaixonar!

I wasn't even thinking
And now you got me sinking!
I need you baby, I can't get enough!

Me ganhou, vai ter que me levar!!

 



Vamos à pergunta!

HÁ ALGO DE DIFERENTE QUE VOCÊ GOSTARIA DE FAZER HOJE?

Saudações alviverdes.

Até breve!

 



Escrito por Pinho às 06h42
[] [envie esta mensagem] [ ]



Na sombra de uma árvore
Hildon

Larga de ser boba e vem comigo
Existe um mundo novo e eu quero te mostrar
Que não se aprende em nenhum livro
Basta ter coragem prá se libertar, viver, amar
De que me valem as luzes da cidade
Se no meu caminho a luz é natural
Descansar à sombra de uma árvore
Ouvindo pássaros cantar, cantar, é...

recomendo esse vídeo da canção ==> http://www.youtube.com/watch?v=SiQKIvKW28U



Olá pessoal! tudo bem com vocês?

cá estou.... direto à pergunta:
QUAL SEU MAIOR DESEJO HOJE?

saudações alviverdes.



Escrito por Pinho às 02h54
[] [envie esta mensagem] [ ]



Bandolins
Oswaldo Montenegro


Como fosse um par que
Nessa valsa triste
Se desenvolvesse
Ao som dos Bandolins...

E como não?
E por que não dizer
Que o mundo respirava mais
Se ela apertava assim...

Seu colo como
Se não fosse um tempo
Em que já fosse impróprio
Se dançar assim
Ela teimou e enfrentou
O mundo
Se rodopiando ao som
Dos bandolins...

Como fosse um lar
Seu corpo a valsa triste
Iluminava e a noite
Caminhava assim
E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam a fada
Do meu botequim...

Valsando como valsa
Uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim
Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos Bandolins...



Olá pessoal, tudo bem com vocês?  espero que sim!

direto e reto: A VIDA TEM LHE TRATADO BEM?

saudações alviverdes.... até a próxima!



Escrito por Pinho às 00h57
[] [envie esta mensagem] [ ]



Tomara

Vinicius de Moraes

Tomara
Que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
E chore, se arrependa
E pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho

Tomara
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais


Olá pessoal, tudo bem com vocês?

depois de tanto tempo, cá estou.... com uma perguntinha simples...

TIVESSE VOCÊ A OPORTUNIDADE DE VIAJAR NO TEMPO.... QUAL SERIA SEU DESTINO?


Saudações alviverdes e até a próxima!



Escrito por Pinho às 16h49
[] [envie esta mensagem] [ ]



 

Amigos e Amigas,
era para ter postado antes do Natal.... mas, mesmo com atraso, deixo aqui as sábias palavras do Armando Pastore.

meus votos de um excelente Natal e um 2009 repleto de realizações, paz, saúde e muito amor no coração.

Pinho

____________________________________________________


O pessimista queixa-se do vento, o otimista espera que ele mude, o realista ajusta as velas
Willian George Ward

 


Desta vez vou pedir presentes para estas festas de final de ano.
Não se preocupem não será necessário investir muito, nem será preciso dinheiro.

O que eu quero ganhar de cada um de vocês é:

      Que você seja mais solidário.

      Ame mais e que amando mais seja correspondido em igual intensidade.

      Tenha mais fé.

      Creia no impossível e faça mais do que o possível.

      Use sua determinação e energia nas coisas mais simples e cotidianas.

      Construa uma grande equipe e junte-se a ela na elaboração de um mundo melhor. Respire sinceridade e aja com humildade.

      Eu quero que você continue conquistando novos amigos. Mantenha os antigos bem perto de você.

      Eu preciso que você mande sempre notícias para as pessoas que são importantes na sua vida.

      Nunca esqueça de comunicar suas boas novas.

      Peça ajuda, mas compartilhe seus sucessos.

      Aprenda mais e ensine seus conhecimentos.

      Eu desejo ganhar um abraço e você pode faze-lo abraçando com sinceridade as pessoas que estão perto de você.

      Preciso que se encante com seu trabalho e se assim o fizer conte como é ser feliz.

      Espero como presente no ano de 2009 muitos momentos de felicidade.

      Guarde duas lágrimas, uma dos momentos difíceis e outra da alegria da conquista.
      Enfim, o meu presente são os votos que você seja mais humano.

      Tente e erre. Use a criatividade e a inovação.

      Lembre-se de que estou por aqui para lhe estender a mão mas preciso que estenda as suas para quem delas necessitar.


Quando a fé inundar seu coração no dia de Natal e quando a esperança invadir seu cérebro no primeiro segundo de 2009, você estará mandando para mim o seu melhor presente. Deixo aqui escondido nas palavras meu sorriso e meu abraço.


Armando Pastore Mendes Ribeiro



Escrito por Pinho às 16h45
[] [envie esta mensagem] [ ]



sem palavras e sem músicas no dia de hoje..... apenas o relato que recebi de um morador de Itajaí, SC.

saudações alviverdes.

________________________________

Meus amigos,

Hoje 27 de novembro de 2008 o sol saiu e conseguimos voltar a trabalhar.

A despeito de brincadeiras e comentários espirituosos normais sobre esta "folga forçada" a verdade é que nunca me senti tão feliz de voltar ao trabalho. Não somente pelo trabalho, pela instituição e pela própria tranqüilidade de ter aonde ganhar o pão, mas também por ser um sinal de que a vida está voltando ao normal aqui na nossa Itajaí.

As fotos que circulam na internet e os telejornais já nos dão as imagens claras de tudo que aconteceu então não vou me estender narrando e descrevendo as cenas vistas nestes dias. Todos vocês já sabem de cor. Eu quero mesmo é falar sobre lições aprendidas.

Por mais que teorias e leituras mil nos falem sobre isso ainda é surpreendente presenciar como uma tragédia desse porte pode fazer aflorar no ser humano os sentimentos mais nobres e os seus instintos mais primitivos. As cenas e situações vividas neste final de semana prolongado em Itajaí nos fizeram chorar de alegria, raiva, tristeza e impotência. Fizeram-nos perder a fé no ser humano num segundo, para recuperá-la no seguinte. Fez-nos ver que sempre alguém se aproveitará da desgraça alheia, mas que também é mais fácil começar de novo quando todos se dão as mãos.

Que aquela entidade superior que cada um acredita (Deus, Alá, Buda, GADU etc.) e da forma que cada um a concebe tenha piedade daqueles:

- Que se aproveitaram a situação para fazer saques em Supermercados, levando principalmente bebidas e cigarros

- Que saquearam uma farmácia levando medicamentos controlados, equipamentos e cofres e destruindo os produtos de primeira necessidade que ficaram assim como a estrutura física da mesma.

- Que pediam 5 reais por um litro de água mineral.

- Que chegaram a pedir 150 reais por um botijão de gás.

- Que foram pedir donativos de água e alimentos nas áreas secas pra vender nas áreas alagadas.

- Que foram comer e pegar roupas nos centros de triagem mesmo não tendo suas casas atingidas.

- Que esperaram as pessoas saírem das suas casas para roubarem o que restava.

- Que fizeram pessoas dormir em telhados e lajes com frio e fome para não ter suas casas saqueadas.

- Que não sentiram preocupação por ninguém, algo está errado em seu coração.

- Que simplesmente fizeram de conta que nada acontecia, por estarem em áreas secas.


Da mesma forma, que essa mesma entidade superior abençoe:

- Aqueles que atenderam ao chamado das rádios e se apresentaram no domingo no quartel dos bombeiros para ajudar de qualquer forma.

- Os bombeiros que tiveram paciência com a gente no quartel para nos instruir e nos orientar nas atividades que devíamos desenvolver.

- A turma das lanchas, os donos das lanchinhas de pescarias de fim de semana que rapidamente trouxeram seus barquinhos nas suas carretas e fizeram tanta diferença.

- À equipe da lancha, gente sensacional que parecia que nos conhecíamos de toda uma vida.

- Aos soldados do exército do Paraná e do Rio Grande do Sul.

- Aos bravos gaúchos, tantas vezes vitimas de nossas brincadeiras que trouxeram caminhões e caminhões de mantimentos.

- Aos cadetes da Academia da Polícia Militar que ainda em formação se portaram com veteranos.

- Aos Bombeiros e Policias locais que resgataram, cuidaram , orientaram e auxiliaram de todas as formas, muitas vezes com as suas próprias casas embaixo das águas.

- Aos Médicos Voluntários.

- Às enfermeiras Voluntárias.

- Aos bombeiros do Paraná que trabalharam ombro a ombro com os nossos.

- Aos Helicópteros da Aeronáutica e Exército que fizeram os resgates nos locais de difícil acesso.

- Aos incansáveis do SAMU e das ambulâncias em geral, que não tiveram tempo nem pra respirar.

- Ao pessoal do Helicóptero da Polícia Militar de São Paulo, que mostrou que longo é o braço da solidariedade.

- Ao pessoal das rádios que manteve a população informada e manteve a esperança de quem estava isolado
em casa.

- Aos
estudantes que emprestaram seus físicos para carregar e descarregar caminhões nos centros de triagem.

- Às pessoas que cozinharam para milhares de estranhos.

- Ao empresário que não se identificou e entregou mais de mil marmitex no centro de triagem.

- A todos que doaram nem que seja uma peça de roupa.

- A todos que serviram nem que seja um copo de água a quem precisou.

- A todos que oraram por todos.

- Ao Brasil todo, que chorou nossos mortos e nossas perdas.

- Aos novos amigos que fiz no centro de triagem, na segunda-feira.

- A todos aqueles que me ligaram preocupados com a gente.

- A todos aqueles que ainda se preocupam por alguém.

- A todos aqueles que fizeram algo, mas eu não soube ou esqueci.


Há alguns anos, numa grande enchente na Argentina um anônimo escreveu isto:

COMEÇAR DE NOVO
Eu tinha medo da escuridão
Até que as noites se fizeram longas e sem luz
Eu não resistia ao frio facilmente
Até passar a noite molhado numa laje
Eu tinha medo dos mortos
Até ter que dormir num cemitério
Eu tinha rejeição por quem era de Buenos Aires
Até que me deram abrigo e alimento
Eu tinha aversão a Judeus
Até darem remédios aos meus filhos
Eu adorava exibir a minha nova jaqueta
Até dar ela a um garoto com hipotermia
Eu escolhia cuidadosamente a minha comida
Até que tive fome
Eu desconfiava da pele escura
Até que um braço forte me tirou da água
Eu achava que tinha visto muita coisa
Até ver meu povo perambulando sem rumo pelas ruas
Eu não gostava do cachorro do meu vizinho
Até naquela noite eu o ouvir ganir até se afogar
Eu não lembrava os idosos
Até participar dos resgates
Eu não sabia cozinhar
Até ter na minha frente uma panela com arroz e crianças com fome
Eu achava que a minha casa era mais importante que as outras
Até ver todas cobertas pelas águas
Eu tinha orgulho do meu nome e sobrenome
Até a gente se tornar todos seres anônimos
Eu não ouvia rádio
Até ser ela que manteve a minha energia
Eu criticava a bagunça dos estudantes
Até que eles, às centenas, me estenderam suas mãos solidárias
Eu tinha segurança absoluta de como seriam meus próximos anos
Agora nem tanto
Eu vivia numa comunidade com uma classe política
Mas agora espero que a correnteza tenha levado embora
Eu não lembrava o nome de todos os estados
Agora guardo cada um no coração
Eu não tinha boa memória
Talvez por isso eu não lembre de todo mundo
Mas terei mesmo assim o que me resta de vida para agradecer a todos
Eu não te conhecia
Agora você é meu irmão
Tínhamos um rio
Agora somos parte dele
É de manhã, já saiu o sol e não faz tanto frio
Graças a Deus
Vamos começar de novo.


É hora de recomeçar, e talvez seja hora de recomeçar não só materialmente. Talvez seja uma boa oportunidade de renascer, de se reinventar e de crescer como ser humano.

Pelo menos é a minha hora, acredito.

Que Deus abençoe a todos.

Luis Fernando Gigena



Escrito por Pinho às 12h57
[] [envie esta mensagem] [ ]



EUGÊNIO
composição de Billy Forghieri, Evandro Mesquita e Ricardo Barreto
interpretada pela Blitz

Parabéns Senhor Abreu, é um menino!
E já tem bigode...

Eugênio era um gênio
Era um menino prodígio
Vem neném, neném, neném, neném
Seria um bebê lindo
Se não fossem as orelhas de abano
Logo quando fez um ano
Tocava Beethoven no piano
Depois, com dois, quiz tocar bateria
Seu pai chorava, sua mãe sorria

Eugênio, um gênio
Eugênio

Eugênio era um gênio
Era um menino prodígio
Bem bobão, bobão, bobão, bobão
Mundialmente conhecido no bairro
Como cabeção (fala cabeça)
Aos cinco estudou com afinco
Achava o máximo violão clássico
Aos seis, eu vou dizer pra vocês
Eugênio falava inglês, francês e alemão:

-As aftas ardem e doem
-Wie schön!
Ach, dass ist
Einfach dumheit
-No, no...Je suis complètement Carrefour
-"The men get in the saloon and...
Pow! Pow! The piano man falls down on
The floor..."

As sete anos se entregou ao vício (drops, balas, chicletes)
Incentivado por seu tio Maurício
Aos oito anos, já de saco cheio da vida
O pobre Eugênio caiu na bebida

Eugênio, um gênio
Eugênio

Há! Há! Há! Genial Eugênio, faz de novo Eugênio

Eugênio era um gênio
Era um menino prodígio
Sem ninguém, ninguém, ninguém, ninguém
Aos onze se casou, e se divorciou
Aos doze ele perdeu a pose
Eugênio foi mais um gênio
Que não aconteceu
Um gênio experimental
Aos treze cansado de tanta loucura
Foi de navio pra Singapura
E... Desapareceu



Olá amigos e amigas, tudo bem com vocês?

direto à pergunta de hoje:
VOCÊ ACHA QUE AS CRIANÇAS DE HOJE SÃO MAIS “PRECOCES”?
POR QUÊ?


saudações alviverdes a todos!
até a próxima!



Escrito por Pinho às 12h19
[] [envie esta mensagem] [ ]



NUNCA PARE DE SONHAR
Gonzaguinha
Ontem um menino que brincava me falou
Hoje é semente do amanhã
Para não ter medo que este tempo vai passar
Não se desespere e nem pare de sonhar
Nunca se entregue, nasça sempre com as manhãs
Deixe a luz do sol brilhar no céu do seu olhar
Fé na vida, fé no homem, fé no que virá
Nós podemos tudo,
nós podemos mais




Olá Pessoal, tudo bem com vocês?

minha pergunta está relacionada com a música acima e com a notícia abaixo...
925 milhões de pessoas passam fome no mundo
ROMA (AFP) - O número de pessoas com fome no mundo passou de 850 para 925 milhões em 2007,
devido à disparada dos preços dos alimentos, anunciou nesta quarta-feira em Roma o diretor da
Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Jacques Diuf.
"O número de pessoas subnutridas antes da alta dos preços de 2007-2008 era de 850 milhões. Este
número aumentou durante o ano 2007 em 75 milhões, alcançando os 925 milhões"
, declarou Diuf
em audiência nas Comissões das Relações Exteriores e de Agricultura do Parlamento italiano.
O índice FAO dos preços dos alimentos teve aumento de 12% em 2006 com relação ao ano
anterior, de 24% em 2007 e de 50% durante os sete primeiros meses deste ano, acrescentou Diuf.
"É preciso investir 30 bilhões de dólares por ano para duplicar a produção de alimentos e acabar
com a fome"
, acrescentou.
Segundo ele, este valor é
"bastante modesto" se comparado às somas desembolsadas pelos países
membros da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) em apoio à sua
agricultura (376 bilhões de dólares) ou a seus gastos com armamento (1,2 trilhão de dólares em 2006).
Os países membros da FAO se comprometeram durante a cúpula no início de junho em Roma a
reduzir pela metade o número de pessoas que sofrem de fome até 2015, apesar da crise de alimentos,
segundo a declaração final desta reunião.
Este texto, obtido após árduas negociações, reitera as conclusões das cúpulas sobre alimentação
de 1996 e 2002:
"Alcançar a segurança alimentar" e "Reduzir à metade o número de pessoas
subnutridas até 2015 no máximo"
.
Em Roma, Diuf considerou que, com as tendências observadas hoje, "esta meta seria alcançada
em 2150 em vez de 2015".
Na cúpula de Roma, os doadores se comprometeram a conceder mais de 6,5 bilhões de dólares
para a luta contra a fome a pobreza.

aí pergunto a vocês:
DÁ PARA SONHAR AINDA COM UM FUTURO MELHOR?
saudações alviverdes.


Escrito por Pinho às 16h45
[] [envie esta mensagem] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]